Buscar
  • Google

Como definir o seu objetivo de marketing pode ser essencial para o sucesso do seu negócio.

Fonte: Google


Para 69% dos CMOs entrevistados em uma pesquisa feita pelo Google, o crescimento dos negócios é a principal prioridade.1 Mas como atingir essa meta? As rápidas mudanças nos hábitos dos consumidores, em uma jornada cada vez menos linear, aponta a necessidade de encontrar novos caminhos para falar com seus consumidores.


Mas qual o primeiro passo? Para desenvolver uma estratégia de crescimento, em vez de focar em campanha ou produto, vale pensar – e se questionar – no seu objetivo de marketing.


Por onde começar?

Vale começar entendendo: nos próximos 6, 12 ou 24 meses, qual é o seu principal objetivo de negócio: market share, receita ou lucro? Por quê? Procure responder também, pensando no seu modelo de negócio e nos seus canais de distribuição e vendas, quais os seus principais objetivos de marketing: vendas online? Vendas offline?


Geração de leads? Ou aumento de reconhecimento da marca?

Você pode iniciar as verdadeiras transformações internas dando o primeiro passo ao definir suas metas. Para orientá-lo, a Fórmula de Crescimento do Google Ads reúne algumas dicas e o passo a passo para ajudar empresas a obterem o crescimento esperado.

Para começar a usar a Fórmula de crescimento do Google Ads, escolha um objetivo de marketing mais alinhado às suas expectativas. A análise completa do atual cenário o ajudará nessas definições para que tenha certeza de que seus objetivos de marketing, mídia e campanha e KPIs estejam trabalhando juntos para alcançar essa meta.


Na prática

Nós mostramos como duas empresas parceiras conectaram seus objetivos de negócio e marketing aos KPIs de mídia através do Google Ads.

Assim como a maior parte dos varejistas, o Almeida Junior, maior grupo de shopping centers de Santa Catarina, sofreu um grande impacto com as restrições causadas pela pandemia. Para que pudessem atingir suas metas de negócio e ampliar o market share, foi criado o AJPlace, novo marketplace do grupo, que aposta em uma estratégia de presença digital para gerar receita e manter a saudabilidade do negócio.


Para o lançamento, o AJPlace contou com a consultoria do time de Novos Negócios do Google, que os ajudou a estruturar uma estratégia para atingir seu principal objetivo de marketing: ampliar as vendas online através do lançamento do e-commerce.


A campanha contemplou formatos de YouTube, Smart Shopping, Display e Discovery Ads, que geraram resultados expressivos logo nos seis primeiros meses:

Outro case interessante é o da empresa de conteúdo com foco em investimentos, empréstimos e gestão financeira, a CiClick. A marca tinha como objetivo de negócio o aumento do lucro, o que foi traduzido como um objetivo de marketing com foco em captação de leads.


O desafio estava justamente no aumento do número de visitantes no site e maior engajamento nos conteúdos. Para fazer isso, foram utilizadas as soluções de Google Display e Smart Display para chegar até os clientes interessados em adquirir os serviços financeiros dos parceiros da CiClick. Os números mostram o resultado:

Que tal tentar?

Vivemos profundas mudanças do comportamento do consumidor e devemos amparar as nossas decisões nos dados. Por isso, é fundamental olhar de forma tática o efeito dos objetivos de negócio na mídia.


Ao longo de mais de uma década trabalhando com marketing digital – seja como cliente, seja como fornecedor de mídia – posso afirmar que o melhor caminho para resultados mais sustentáveis é através do exercício de planejamento, execução, mensuração e otimização das campanhas com foco em um objetivo mais abrangente de negócio e marketing.

Os formatos (vídeo, display, busca, aplicativos) e o KPIs (venda, público impactado etc.) que podem ser utilizados em uma campanha de marketing podem mudar, mas a essência do negócio muda com uma frequência menor.


Como vimos nos exemplos de AJPlace e CiClick, os KPIs e formatos foram definidos depois que ficaram claros os objetivos de negócio, além dos objetivos de marketing.



0 visualização0 comentário